Carlos Guedes

Carlos Guedes (Porto, 1968) tem uma atividade compositiva multifacetada contando com inúmeras encomendas para dança, teatro, cinema, além de música convencional de concerto. Com mais de 90 estreias em público, o seu trabalho tem sido ouvido em inúmeros festivais e salas de concerto incluindo The Kitchen, Joyce SoHo, Judson Church, ArCo, De Waag, SXSW, Teatro Nacional de S. João, SIGGRAPH, Shanghai eArts, Casa da Música, Expo ’98, Expo 2020, NYUAD Arts Center, Porto 2001, Guimarães 2012, Beijing Modern Music Festival 2016, Sharjah Flag Island Festival, Asia Culture Center (Gwangju, Coreia do Sul), Qasr Al Hosn (Abu Dhabi), Expo City Dubai e London Design Biennale.

Tendo desenvolvido uma atividade musical eclética que combina várias abordagens usando tecnologia musical (música industrial, techno, e música espectral) o seu trabalho é colaborativo por natureza, quer com outras formas artísticas quer com outros músicos. Algumas colaborações recentes incluem “Fragile ecosystems” (2019) para bombo e eletrónica encomendada por (e dedicada a) João Dias; “Neve” (2021, Balleteatro, coreografia: Né Barros); “Jardineiro imaginário” (2022, Teatro de Marionetas do Porto, encenação: Isabel Barros), e “Formation of Soof,” uma instalação audiovisual imersiva para o pavilhão de Au Dhabi na London Design Biennale (2023, com Amna Alnowais, Waleed Madani, Safeya Alblooshi, e Juan Sierra). Este último trabalho foi distinguido com a medalha do tema da bienal. Recentemente editou o disco “Shadows and reflections” (2021) do seu duo Chess com o pianista dinamarquês Nikolaj Hess. Carlos Guedes foi em 2021-2022 o compositor residente no Drumming GP onde desenvolveu o ciclo de peças para percussão e música eletrónica sobre suporte “Time Poetries”. Parte da sua música está disponível nas plataformas de streaming Spotify, Apple Music, YouTube, Bandcamp, etc. 

Paralelamente, Carlos Guedes desenvolve projetos de investigação que pretendem aprofundar o conhecimento sobre a música do golfo arábico. É o co-fundador do grupo Music and Sound Cultures na New York University Abu Dhabi (NYUAD), um grupo dedicado à investigação multidisciplinar em música que desenvolve projetos metodologicamente híbridos combinando abordagens tradicionais e digitais nas humanidades, e inteligência artificial. 

Carlos Guedes é professor associado em música na NYUAD, com afiliações no curso de engenharia de computadores desta universidade e com o curso de tecnologia musical da NYU Steinhardt. 

Share