Textures & Lines

Drumming GP Miquel Bernat, João Tiago Dias, João Miguel Braga Simões
Piano Joana Gama
Eletrónica Luís Fernandes
Vídeo em tempo real Pedro Maia
Som Suse Ribeiro

“Textures & lines” é o resultado de um convite feito pelo Drumming GP ao duo de piano e eletrónica composto por Joana Gama e Luís Fernandes.  

Desde a estreia, com “Quest” em 2014, que o duo tem vindo a afirmar a sua própria sonoridade e estética, visíveis no trabalho com cinema e em diferentes colaborações artísticas. Neste concerto, juntam-se ao Drumming GP, grupo de referência internacional na interpretação e estreia de importantes obras do repertório para percussão, não só dentro da música clássica mas também no seio da música electrónica. Partindo de experimentações colectivas, orientadas para a exploração de texturas e ambiências características da música de Gama e Fernandes, o Drumming GP coloca-se também no papel de “compositor”, em conjunto com o duo, na criação de um universo sonoro singular, potenciado pelas texturas visuais de Pedro Maia. Drumming Grupo de Percussão (DGP) é um ensemble de percussão vocacionado para a música contemporânea, fundado e dirigido por Miquel Bernat, no Porto, em 1999. Desde então, tem-se afirmado como um dos mais importantes coletivos do género a nível internacional, contribuindo para a inovação sonora sem descuidar as vertentes didático-pedagógica e social. 

Desde o álbum de estreia “Quest” em 2014 que Joana Gama e Luís Fernandes têm mantido uma colaboração regular, que cruza o piano com a electrónica. Nos últimos anos, o duo fez bandas sonoras e, com Ricardo Jacinto, editou “Harmonies”. Em abril de 2018 lançaram “at the still point of the turning world” pela editora  Australiana Room40.